Take a fresh look at your lifestyle.

10 Benefícios do Ômega 3 Para a Sua Saúde

0

Olá pessoal, o artigo de hoje é sobre alimentos ricos em ômega 3. Você vai saber também quais os seus benefícios para a saúde e quais os problemas que a falta de ômega-3 traz!

Com certeza você já passou por problemas como pele e cabelos secos, unhas quebradiças, mudança de humor e até mesmo sede excessiva. Esses tipos de problemas pode se originar da falta de ômega-3.

O ômega-3 são ácidos graxos poli-insaturados que são de grande importância também para o bom funcionamento do metabolismo. O grande problema é que o ômega-3 não é produzido pelo nosso corpo, e portanto, devem ser adicionados alimentos ricos em ômega-3 na alimentação.

Ele é composto por três tipos de ácidos:

  • EPA (ácido ecosapentaenóico).
  • DHA (ácido docosaexaenoico).
  • ALA (ácido alfa-linolênico).

O EPA e o DHA são encontrados mais em peixes, enquanto o ALA está presente nas carnes, soja, óleos vegetais e alguns outros alimentos. Esses alimentos, que contêm Omega 3, fazem muito bem para a saúde. Algumas pesquisas já comprovaram que o consumo do ácido contribui para uma melhor qualidade de vida e menor incidência de doença.

De acordo com pesquisas realizadas nos Estados Unidos, homens só consomem 50% de ômega-3 e mulheres 40% do que precisam por dia. Então, para suprir essa necessidade diária, consumir mais alimentos ricos em ômega-3 é muito importante para uma boa saúde, e assim, melhorar a função cerebral, sistema imunológico e diminuir a inflamação.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

O Que Você Irá Encontrar Aqui

O que pode acontecer na falta de ômega 3 no corpo?

Os ácidos ômega-3 desempenham um papel importantíssimo em nosso corpo, como uma boa função cerebral, o crescimento normal e o bom desenvolvimento do corpo. De acordo com estudos, não se alimentar corretamente pode levar a deficiência de ômega-3 e consequentemente trazer sérios problemas de saúde, como:

  • Doença cardíaca – alimentos ricos em ômega-3, contém agentes ativos que mantêm as células fortes para combater doenças cardiovasculares. Isso prova ainda mais o quanto esse ácido graxo é importante, e se consumido na quantidade correta diariamente pode evitar problemas cardíacos.
  • Depressão – estudos mostram que as pessoas que comem mais peixes, que contém uma boa quantidade de ômega-3, possuem cerca de 20 ou 30% menos risco de ter depressão. Por outro lado, as pessoas que não têm uma dieta saudável e saltam refeições são mais propensas a serem expostas a sintomas de depressão.
  • Problemas de pele – a falta de ômega-3 também pode causar problemas na pele e deixa-la irregular, causando acnes e espinhas. Os ácidos ômega-3 desempenham um papel importante na membrana celular, construindo um barreira que impede doenças de pele. Portanto, consumir ômega-3 fortalece o sistema imunológico e ajuda na eliminação de acnes e espinhas.

Alimentos ricos em ômega 3

dicavida_omega

Salmão

O salmão não é apenas rico em ômega-3, mas também em proteínas e vitamina D. Eles trabalham em conjunto para regular os níveis de insulina no organismo, ajudando a baixar os níveis de açúcar no sangue. Para preparar o salmão, qualquer método de cozinhamento serve, exceto fritar, que além de não ser tão saudável, diminui os níveis de ômega-3.

Nozes

As nozes sempre foram conhecidas como uma ótima fonte de omega 3. A melatonina presente nas nozes está associada a uma melhor noite de sono e combate ao estresse. Além disso, as nozes são ricas em fibras que é importante para o bom funcionamento do intestino. possuí também fenóis, ácidos fenólicos, taninos e flavonoides.

Semente de linhaça

Além de ser um fonte riquíssima de ômega-3, ela também possuí vitamina B1, cobre e manganês. Uma das melhores maneira de comer sementes de linhaça é adicionando ao pão ou juntamente com frutas.

Sardinhas

As sardinhas possuem muitos nutriente essenciais para nossa saúde, e um desses nutriente é ômega-3. Além disso, ela está entre os primeiros alimentos ricos em vitamina B12.

Soja

Além de ser rica em proteína vegetal, ela também é rica em ômega-3, molibdênio, cobre, manganês e fósforo. A maneira mais saudável de cozinhar a soja é na panela de pressão. Ela pede ser misturada em saladas, sanduíches e até mesmo sopas.

Atum

O atum é um ótimo alimento para o cérebro. Ela é rico em ômega-3, selênio, vitamina B3 e proteína. Em uma porção de 100g, ela fornece dois terços do valor diário que uma pessoa deve consumir de ômega-3.

Mais Sobre Este Assunto

10 Benefícios de Óleo de Peixe para a Saúde

Tofu

O Tofu é outra maneira saudável de obter o ômega 3, especialmente para vegetarianos. Uma porção de 100g, fornece 15% do valor diário que uma pessoa deve consumir de ômega-3. Ele pode ser adicionada em saladas, macarrão, lanches, entre outros.

Veja quais são os 10 benefícios do Ômega 3

dicavida_omega_2

Reduz as chances de depressão

Muitos estudos mostram que a ingestão do Ômega 3 pode reduzir as chances da depressão. Porém, também existem várias outras pesquisas que não conseguiram chegar a uma conclusão científica para isso.

Reduz o colesterol

O consumo desse ácido pode reduzir em até 30% as concentrações de triglicéridos no sangue, o que faz com que o colesterol ruim seja reduzido. Porém, para que o benefício se torne efetivo é necessário um consumo grande por dia  do Ômega 3, o equivalente a 4000 mg de óleo de peixe. Ele também pode aumentar o colesterol bom em cerca de 3%.

Reduz o risco de doença cardiovasculares

O ômega 3 melhora a eficiência do músculo cardíaco, reduzindo assim a demanda de oxigênio e controlando a frequência cardíaca, o que reduz o risco de arritmias. O risco de doenças relacionadas ao coração, como a morte súbita, taquicardia, palpitações e etc, são diminuídos com o consumo de Ômega 3.

Reduz o risco de doenças cerebrais

Já foi comprovado que a alimentação rica em Ômega 3 reduz o risco de doenças cerebrais, incluindo o Alzheimer e derrames cerebrais, como o AVC.

Reduz a pressão arterial

Um pesquisa revelou que o consumo de pelo menos 1000 mg de ácido ecosapentaenóico e de ácido docosaexaenoico reduz a pressão arterial em até 5 mmHg de pressão sistólica e 3mmHg de pressão diastólica. Esse efeito costuma acontecer com mais frequência em pessoas acima dos 45 anos.

Diminui os sintomas da Artrite Reumatóide

Os sintomas mais comuns da artrite, como a rigidez e a dor nas articulações podem ser ficar menores com o consumo do Ômega 3.  Além disso, ele pode aumentar a ação dos remédios anti-inflamatórios.

Reduz os sintomas do TDAH

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade ou apenas TDAH é um distúrbio que atinge, na maioria das vezes, as crianças. Estudos sugerem que o consumo de Ômega 3 melhora os sintomas da doença, como a falta de atenção, a inquietude e a impulsividade. Mas os estudos ainda estão em progresso e não foram comprovados ainda.

Funciona como anti-inflamatório

O Ômega 3 auxilia em 40% na redução da inflamação. Estudos realizados na UNESP de Botucatu, afirmam que há no ácido um componente que ajuda na produção de compostos anti-inflamatórios.

Ajuda no desempenho físico

O Ômega 3 atua na diminuição da viscosidade sanguínea, o que faz com que o organismo absorva oxigênio com menos esforço físico, o que consequentemente aumenta o desempenho aeróbico do organismo.

Auxílio na perda de peso

O Ômega-3 auxilia na perda de peso, já que ele ajuda na redução do colesterol. Com a redução, ele deixa o organismo com uma estabilidade maior e o controle do apetite tende a melhorar.  Outro ponto é que o ácido regula dos níveis de leptina proporcionado maiores chances de emagrecimento.

Veja a entrevista com o Dr. Lair Ribeiro sobre ômega 3 (12:07):

 

Leave A Reply

Your email address will not be published.