Take a fresh look at your lifestyle.

Como Aliviar a Azia em um Instante?

0

A azia é um problema gastrointestinal onde o ácido clorídrico é produzido em excesso e secretado no estômago, causando queimação e dor que sobe do esôfago até a garganta, gosto amargo na boca, sensação de fome e regurgitação (quando há expulsão de pedaços dos alimentos sem que haja náusea).

Isso acontece devido ao refluxo esofágico, alimentos mal digeridos, comer rapidamente, ingerir alimentos como fritura, café, gordura e bebida alcoólica, etc, interferindo na qualidade de vida da pessoa.

O tratamento da condição pode até considerar a utilização dos medicamentos, porém, os especialistas garantem que apenas isto não tem funcionamento.

  • O método de maior eficiência contra queimação pelo estômago se resume à alteração de hábitos, tanto os relacionados à própria dieta, quanto à maneira como os itens são ingeridos.
  • A adequada mastigação dos alimentos, como exemplo, vai contribuir com o trabalho do estômago, que pode gerar menos ácido. Os cuidados são todos bastante simples, na realidade, no entanto são responsáveis por grande diferença na própria digestão.
  • Um hábito muito comum que deve ser evitado pelos indivíduos que têm azia é consumir café depois da refeição. A cafeína gera grande relaxamento no esfíncter, com refluxo de ácido digestivo ao esôfago causado. As 2 xícaras diariamente é o máximo de recomendação ao indivíduo que tem crises da azia.

I) Quais são as causas?

Veja também este video animado que explica sobre a azia (1:58): 

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

O refluxo é gerado pelo mau funcionamento de um tipo de válvula responsável pelo fechamento do esôfago, denominada esfíncter. Ao comermos, esta válvula ou faixa muscular, como também é chamada, fecha o órgão, para que seja realizada a digestão.

Se tal faixa não se fechar o bastante, o conteúdo do estômago tem possibilidade de retorno, que é o refluxo, ao esôfago. Este material, de forma parcial digerido, pode causar irritação do esôfago, gerando diversos sintomas, como a queimação. Este refluxo geralmente é pior quando o indivíduo deita ou tem inclinação.

II) Quais são os fatores de risco?

Existe maior probabilidade de um indivíduo ter azia se o mesmo apresentar hérnia de hiato. A mesma ocorre quando parte do esôfago tem projeção para interior da cavidade torácica. Isso enfraquece o esfíncter e contribui o retorno do ácido do estômago ao esôfago, gerando então a azia.

A gestação e utilização excessiva dos medicamentos também podem gerar ou tornar mais forte a azia. A ingestão de determinados alimentos também pode contribuir aos sintomas do problema.

São alimentos e bebidas com capacidade de gerar azia pimentas, álcool, café, chocolate, frituras, alimentos gordurosos, ketchup, cebolas, mostarda, suco de laranja, molho de tomate, refrigerantes e vinagre.

III) Veja a seguir como aliviar a azia em um instante:

dicavida azia 1

 

Beba água com bicarbonato de sódio

Para neutralizar o ácido do estômago, utilize uma colher de chá de bicarbonato de sódio em um copo de água, que é uma base e tem o PH alto, ajudando no alívio da queimação. Só tome cuidado para não exagerar, pois ele é rico em sódio e se usado em excesso pode reter líquido no organismo.

Tome um copo de leite de soja ou desnatado

Muita gente utiliza leite integral para abater a queimação, porém sua forma integral contém muita gordura, que pode piorar os sintomas da azia. Prefira tomar meio copo de leite desnatado, que não possui gordura, ou de soja, que possuem PH baixo, neutralizando o ácido do estômago. Você pode tomá-lo gelado, assim também como água gelada.

Masque um chiclete sem açúcar

Mascar um chiclete aumenta o fluxo salivar, ou seja, a saliva ao ser engolida faz o ácido seguir do esôfago para o estômago. Sempre mastigue um chiclete sem açúcar após cada refeição por 30 minutos e assim aliviar a queimação.

Tome um antiácido

Quando ocorrer uma crise de azia, os antiácidos, como o hidróxido de magnésia e de alumínio, por exemplo, podem ajudar no alívio dos sintomas. Alguns antiácidos podem ser utilizados por até duas semanas, pois passando deste tempo e ainda persistindo os sintomas, é necessário consultar um médico para avaliar melhor o seu caso.

Permaneça em pé ou sentado

Nunca deite diante de uma crise de azia, pois ao ficar na posição deitada o ácido gástrico fica parado no esôfago. Então ao sentir a queimação, permaneça sempre sentado ou em pé, para o ácido descer e se manter no estômago.

Use uma calça leve e confortável

Ao sentir os sintomas da azia, se você utilizar roupas muito justas ou que apertam o abdome só pioram a queimação, pois exercem uma pressão muito alta nesta região. Então utilize calças mais leves e soltas.

Mude seus hábitos alimentares

Certos alimentos e bebidas favorecem os sintomas da azia, já que possuem o PH ácido, como pimentas, frituras e gorduras, condimentos, embutidos, café, chocolate, cebolas, sucos de frutas ácidas (como a laranja e o limão), refrigerantes, álcool, molhos, vinagre, etc. Então, diante de uma crise de azia, evite consumir estes itens.

Tome um chá de ervas

Alguns chás combatem a queimação, dor estomacal, cólicas e náuseas, como o de camomila, alcaçuz, gengibre e aloe vera. Eles possuem ação antiinflamatória e também desintoxicam o organismo. Você pode tomar um desses chás 15 minutos antes de alguma refeição, adicionando mel ao invés de açúcar.

Deixe de comer duas horas antes de dormir

Se você dormir com o estômago muito cheio fará com que os sintomas da azia piorem drasticamente, prejudicando seu sono e aumentando as dores estomacais. Sempre coma duas horas antes de dormir, para assim seu corpo digerir melhor os alimentos e aliviar a queimação.

Coma frutas que possuem antiácidos naturais

Algumas frutas, como a banana e a maça, contém antiácidos naturais que ajudam a aliviar a azia e o refluxo. Além disso, qualquer alimento ingerido sempre deve ser comido devagar, sem pressa, para evitar sofrer de refluxo esofágico. Evite também comer grande variedade de alimentos ao mesmo tempo em uma refeição, para não sobrecarregar o estômago e propiciar a queimação.

IV) Como prevenir novos episódios de azia?

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

Para evitar novos episódios de azia, seguem algumas dicas:

  • Evite o abuso de bebidas alcoólicas, já que elas irritam as membranas estomacais e produzem mais ácido.
  • Mastigue bem os alimentos para produzir menos ácido no estômago.
  • Coma a cada três horas para evitar ficar de estômago vazio e ter azia.
  • Evite fazer atividade física após as refeições para não produzir mais ácido gástrico.
  • Evite tomar café, chás com cafeína e refrigerantes ou qualquer bebida com gás após as refeições, pois aumentam a pressão dentro do estômago e propiciam mais queimação.
  • Evite o abuso de bebidas alcoólicas, já que elas irritam as membranas estomacais e produzem mais ácido.
  • Evite o fumo, pois o cigarro diminui a proteção do muco gástrico.
  • Perca peso caso esteja acima do normal, uma vez que há uma pressão maior de gordura sobre o estômago.
  • Utilize um travesseiro anti-refluxo para elevar a parte superior do corpo e fazer com que o ácido gástrico permaneça no estômago ao invés de subir para o esôfago.

V) Como tratar os casos graves?

Na situação da azia, buscar tratamento médico com urgência se existir vômito com sangue ou apresentar aspecto de borra de café. Ainda se as fezes forem pretas ou avermelhadas. Na sensação de ardor e pressão, dor esmagadora, aperto pelo peito; em algumas vezes, os indivíduos pensam ter azia, porém na realidade estão sofrendo ataque cardíaco.

Se sofrer de azia frequentemente, ou se a mesma não desaparecer após algumas semanas de cuidados em casa. Na perda de peso não intencional. Se ocorrer dificuldade para engolir, com itens parecendo ficar presos pela garganta conforme seguem. No caso de tosse ou dificuldade para respiração que não desaparece. Se sintomas da azia tiverem piora com antiácidos.

Se pensar que um dos próprios medicamentos pode estar gerando azia; não trocar ou parar de ingerir quaisquer medicamentos sem anteriormente comunicar com médico. No geral, o diagnóstico é fácil, apenas partindo da descrição dos sintomas. Porém, em algumas vezes, a azia pode ter confusão com mais problemas do estômago.

Caso o diagnóstico não esteja muito fácil, haverá possibilidade de ter encaminhamento ao médico gastroenterologista para realizar mais exames. O processo diagnóstico inicia através de questionário acerca de sintomas e histórico médico do indivíduo, e depois exame físico e testes laboratoriais.

Fonte:

http://www.rapidhomeremedies.com/how-to-get-rid-of-heartburn.html

Leave A Reply

Your email address will not be published.