Take a fresh look at your lifestyle.

Desidratação!

0

Desidratação é considerada uma doença grave pela grande perda de líquidos e sais minerais do corpo, o que pode interferir nas funções normais do dia a dia, como fazer suas necessidades e transpirar.

A desidratação pode afetar qualquer pessoa, mas é mais fácil afetar um idoso ou uma criança, pois são pessoas mais suscetíveis e vulneráveis. Crianças têm uma proporção maior de água, o que qualquer perda de líquido não reposto é significativo. Já os idosos a capacidade de reter líquido é menor.

Mesmo sendo uma doença grave, ela pode ser tratada e curada facilmente quando diagnosticada logo.

O que causa a desidratação?

O corpo perde e repõe de dois a três litros de água por dia. A desidratação ocorre quando a água é maior que sua reposição. Geralmente, a perda de elementos do organismo, como a água se faz acompanhar pela perda de sais minerais diluídos, sódio e potássio, gerando um desequilíbrio eletrolítico.

Outras causas de desidratação são:

  • Diarreia e vômito – Diarreia severa pode causar perda tremenda de água e eletrólito em um curto prazo. Se você vomitou enquanto estava tendo diarreia, você perde fluidos e sais minerais. Crianças e bebês são mais propensos a esse risco. Diarreia pode ser causada por bactérias e vírus, efeito de remédio e problema no estômago.
  • Febre – Normalmente, a febre tende a deixar o corpo desidratado.
  • Suar excessivamente – O corpo perde muita água quando sua. Atividade física exagerada sem repor fluídos pode causar uma desidratação. Temperatura quente e úmido influência no suor e na perda de fluído.
  • Urinar demais – Este pode ser sinal de diabetes que você não foi diagnosticado ainda. Alguns medicamentos fazem com que urine mais deixando o corpo desidratado
  • Tomar muito café ou bebida alcoólica – A cafeína tem um efeito desidratante. Embora a água que tem no café ou no chá é mais do que suficiente para manter os níveis de água do corpo, tomar café demais pode deixar o corpo desidratado. Enquanto a bebida alcoólica desidrata ainda mais o organismo e, ainda por cima, ele rouba vitaminas essenciais do corpo.

Quais são os sintomas de desidratação?

A desidratação pode ser considerada em três níveis: leve, mediana e grave:

  • Desidratação leve – Sede, fadiga, diarreia, vômito, tontura, dores de cabeça e sonolência.
  • Desidratação mediana – Aumento da temperatura corporal, taquicardia, diminuição de peso, pele seca e inflexível, boca seca e moleza.
  • Desidratação grave – Além dos sintomas citados, também sede intensa, convulsões, hipertermia, queda de pressão, perda de consciência, choque, respiração rápida, pele fria e até a morte.
Mais Sobre Este Assunto

Tipos de Desidratações:

  • Desidratação Isotônica – A água e os sais minerais são perdidos em proporções equivalentes às que existem no organismo. Acontece na diarreia e no vômito, nos quais se produz uma transferência de água do meio intracelular para fora das células. Principalmente encontrado em crianças.
  • Desidratação hipertônica –  A perda de água é proporcionalmente maior que a perda de eletrólitos, como ocorre na falta de ingestão de água, sudação excessiva, diurese osmótica e uso diuréticos. Há transferência de água intracelular para os espaços extracelulares. Comum em diabéticos e também em crianças com diarreia.
  • Desidratação hipotônica/hiponatremia –  São perdidos mais sais que água, como na transpiração muito elevada, perda gastrointestinais ou quando a reposição é feita só com água, sem sais. Ocorre transferências de líquido extracelular para dentro da célula. Geralmente ocorre em casos pediátricos com diarreia.

Há tratamentos para a desidratação?

O tratamento vária de qual nível a pessoa se encontra. No caso de desidratação leve, deve-se tomar muito líquido, pode-se tomar até uma bebida doce para ajudar a restaurar os níveis do açúcar e comer algo salgado para retificar a perda de sal. Em caso de desidratação grave, o soro será injetado nas veias. Veja abaixo os tipos de tratamentos!

A) Tratamento médico: Assim que levado a emergência, os médicos irão restaurar o volume do sangue e fluidos corporais, determinando a causa da desidratação.

B) Dicas caseiras para reidratação

  • Beba bastante água
  • Beba solução de reidratação oral – dissolva 1/3 de colher de sal, 4 colheres de açúcar mascavo e 4 copos de água.
  • Tome iogurte – recomendável para quem tem sofrido de diarréia e vômito.  Iogurte é rico em eletrólitos e ajuda a aliviar o problema.
  • Beba sucos de frutas e vegetais que contêm grande quantidade de liquido como melancia, melão, laranja, morango, pepino, mamão, alface, nabo, espinafre e etc.
  • Coma banana – é recomendável para a desidratação mais leve. Banana que é rico em potássio recompõe esse mineral que é tão importante.
  • Beba água de coco – alta quantidade de eletrólitos destaca a água de coco como a melhor bebida hidratante.
  • Beba chá de cevada – Os nutrientes que contêm em cevada ajuda a hidratar.

Como prevenir a desidratação?

    • Beber bastante líquido, cerca de dois litros por dia;
    • Usar roupas leves, evitar sair nos dias quentes;
    • Ficar em lugares com ventilação;
    • Lavar bem as mãos antes e após as refeições, e após ir ao banheiro;
    • Não praticar exercícios em lugares quentes;
    • Em caso de crianças e idosos, certificarem se eles estão tomando as bebidas, pois esquecem;
    • Corrigir o mais prontamente possível os mecanismos anormais de perdas de líquido, como febres, vômitos, diarreia e entre outros;

Leave A Reply

Your email address will not be published.