Take a fresh look at your lifestyle.

Dor na Cesárea Depois de Anos – O Que Pode Ser?

0

Para algumas mulheres, a dor começa logo após a cirurgia; para outras, ela pode iniciar meses ou mesmo anos após a cesárea. Para ajudar o corpo se recuperar, as aderências podem causar dor muito tempo depois de as cicatrizes superficiais terem se cicatrizado. Onde quer que elas se formem se ligam aos órgãos como um laço forte que podem durar uma vida toda. Isto pode resultar numa dor desconfortável.

Veja a Seguir as Principais Causas para a Dor na Cesárea Depois de Anos:

dicavida_cesaria

As aderências abdominais

Quando os órgãos abdominais são movidos durante a cesária, podem ficar presos uns aos outros por aderências – como uma cicatriz. A formação de aderências ocorre muitas vezes após a primeira cesariana e o risco aumenta com futuras cesárias. E as aderências podem causar complicações, que podem em última análise, exigir que se faça uma nova cirurgia.

Com cesáreas, é muito comum ter uma adesão. No entanto, durante meses ou anos, pode ser que algumas mulheres nunca desenvolvam complicações, apesar da presença de aderências internas. Por isso, o parto normal, é o meio mais eficaz de reduzir a formação de aderências.

Dor pélvica

A cicatriz adere a todos os órgãos, que são muito sensíveis, em frente ao sacro. O sacro é o osso triangular localizado na base da sua coluna que se une a um osso do quadril de cada lado e faz parte da pelve. O sacro precisa ser capaz de dobrar para frente e para trás com todos os movimentos.

Há um ligamento chamado uterosacro (outro grande ligamento do útero), que pode ficar grupado na cicatriz e impedir o sacro de mover-se livremente como ele precisa. Quando a sua mobilidade é limitada, a dor é inevitável.

Frequência da urina

Inacreditavelmente, este sintoma pode aparecer depois de até 10 a 15 anos após a cirurgia! Você terá a impressão de querer fazer xixi a cada 15-20 minutos, embora você já tenha urinado.

Muitas mulheres ficam assustadas com essa perda de controle da bexiga. Mas por que isso acontece? O tecido da cicatriz de sua incisão cirúrgica no abdômen está inibindo a bexiga de se expandir por completo. Uma vez que a bexiga tenta expandir e que atinge o tecido da cicatriz, ela envia um sinal para o cérebro dizendo que você precisa esvaziar a bexiga. Quanto mais o tecido da cicatriz impede a bexiga, menos a bexiga se expande, e com isso você sente vontade de ir ao banheiro e sente dor.

Aderência sobre o útero

Aderência sobre o útero gera uma dor tremenda. Com a relação a isso, ele precisa se mover livremente. Se a cicatriz inibe esse movimento, durante a relação sexual, por exemplo, a dor pode ser muito forte.

Dor muscular ou Síndrome de dor miofascial

Isso acontece quando por qualquer motivo um músculo se contrai muito, formando pontos específicos de dor chamados pontos de gatilho. Os espasmos causam dor severa, reduzindo o fluxo de sangue e apertando os nervos.

Dor do nervo

Com a cirurgia, evitam-se os nervos importantes; no entanto, os nervos Ílio-hipogástrico, Ílio-inguinal e o Genitofemoral (que lhe permitem sentir sensações em seu abdômen), ficam muito perto da cicatriz de uma cesárea e podem ser feridos, esmagados ou presos pela mesma.

Isso resulta em uma dor de queimação e às vezes pode haver sensações semelhantes ao choque elétrico. A área vai doer ao toque leve, ou seja, com a roupa ou o cinto da calça.

O Que Fazer Quando Sentir Dores na Cesárea?

As pacientes recebem pouca informação sobre como podem evitar os processos dolorosos na cicatrização de uma cesárea. No entanto, há uma atividade simples que pode ajudar na recuperação – massagem na sua cicatriz cirúrgica.

A cura da cicatriz ocorre em duas fases:

  • A primeira fase, a cicatriz pode causar coceira, dor ou sensibilidade, devido ás terminações nervosas. Embora a cicatriz fique vermelha inicialmente, ela voltará à cor normal. Você pode obter o maior efeito com o exercício, massagem e aplicação de calor durante esta fase.
  • A segunda fase é uma cicatriz madura. Com as cesáreas, o tecido cicatricial pode se formar por até dois anos. Quando o tecido da cicatriz não está mais sendo produzido, a cicatriz é considerada madura. Neste ponto, massagem ainda é benéfico, mas requer disciplina e vigor.

Veja a Seguir 4 Perguntas sobre a Massagem na Cicatriz da Cesárea:

dicavida_cesaria_2

Quando começar a massagear a cicatriz?

Depois de conseguir um “ok” do seu médico de que sua cicatriz está fechada, geralmente dentro de seis semanas, você pode começar a massagear. Mas lembre-se, começando cedo pode atrasar o processo de cura e não é aconselhável.

Por que você deve massagear?

Quando o tecido cicatricial se forma, possui fibras em todas as direções diferentes, que podem aderir aos tecidos, como os órgãos.

A massagem irá diminuir os riscos e impactos na sua saúde ,tanto a longo e curto prazo! Em outras palavras, quando massageia sua cicatriz, você ajuda os tecidos da cicatriz a não crescerem em lugares indesejados.

A massagem também pode facilitar o aumento do fluxo sanguíneo, o que é benéfico para a cura da área e ajuda a suavizar cicatrizes grossas.

O que acontece se eu não fizer a massagem na cicatriz?

Muitas mulheres nunca foram informadas sobre massagear sua incisão cirúrgica. Instruções são muitas vezes limitadas ao aspecto exterior – para evitar vermelhidão, prestar atenção para sinais de infecção, etc.

Qual é a melhor maneira de massagear sua cicatriz cirúrgica?

Assim que a cicatriz não está mais aberta, você pode começar suavemente. Inicialmente, a cicatriz pode ser muito sensível, vermelha e dolorosa. Nesta etapa, pode ser melhor massagear ao redor da cicatriz. Quando a cicatriz, se tornar menos sensível, você poderá fazer com os dedos em cima da cicatriz.

Faça movimentos para cima, baixo, de lado e circulares e não force. Você poderá sentir uma leve sensação de queimadura, o que é normal. Caso não consiga fazer sozinha, procure um fisioterapeuta, para uma melhor técnica realizada.

Leave A Reply

Your email address will not be published.