Take a fresh look at your lifestyle.

DORT – Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho

0

DORT – Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho, se refere às doenças ou lesões nos músculos, nervos e tendões (estruturas osteomusculares) causadas por movimentos repetitivos ou má postura no trabalho. Uma pessoa com DORT sente principalmente dores insuportáveis em um o mais membros do corpo.

As áreas mais atingidas são os punhos, mãos, pescoço, ombros, cotovelos, tornozelos, pernas, quadris e costas. Entre os profissionais mais afetados estão os secretários, digitadores e datilógrafos.

O leitor talvez perceba a semelhança com outra doença denominada LER- Lesão por Esforço Repertitivo, porém a partir de 1998 o INSS decretou a junção dessas síndromes em uma só chamada de DORT – Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho. Ainda assim, pode receber nomes específicos, mas com o mesmo significado como Síndrome de Túnel do Carpo, tendinite e Síndrome do Pescoço.

O que causa a DORT – Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho?

O que causa essa doença é o uso excessivo de tendões, músculos e nervos ao realizar tarefas cotidianas por um tempo prolongado. É uma doença muito comum já que praticamente em todo trabalho faz-se uso das mãos, pescoço e pernas.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

Mas a evolução para DORT se dá quando há um uso contínuo e inadequado desses membros, como por exemplo, má postura e carregar objetos pesados, o que leva a tensão, irritação e pressão sobre os mesmos.

Quais são os sintomas?

DORT - Distúrbios Osteomusculares Relacionados ao Trabalho Costas Dicavida

Quase em todos os casos há grande queixa de dor, mas também podem surgir inchaço, rigidez nos músculos e articulações e dormências. Outros sintomas são:

  1. Sensação de formigamento
  2. Perda dos movimentos
  3. Cansaço
  4. Choque nas mãos
  5. Fadiga
  6. Diminuição da transpiração
  7. Vermelhidão
  8. Câimbras
  9. Falta de firmeza nas mãos

Todos esses sintomas afetam não só a saúde física, mas também a mental onde o paciente começa a ter sensações de incapacidade, tristeza, reclamações, medo de não conseguir trabalho futuramente e choro.

Quais são os fatores de risco?

Os fatores de risco envolvem empregos onde são necessários movimentos repetitivos das mãos como dobrar, torcer e apertar. Situações como atender muitas ligações, digitar diariamente, ficar sentada por um longo período ou ficar de pé.

Realizar todas essas atividades de forma mecânica, com muita velocidade e sem descansar pode evoluir rapidamente para DORT.

Como diagnosticar? 

Inicialmente procuram-se situações de risco no trabalho ou até uma reconstituição de seus principais movimentos. Nesse momento analisa-se a intensidade, duração e frequência dessa tarefa. Também é feito um levantamento e análise dos locais com mais queixas de dor.

Após, é feito o exame físico que inclui testes laboratoriais para identificação dos músculos ou nervos danificados. Podem-se usar radiografias, ressonâncias e raios-x.

Existe algum tratamento? 

O tratamento consiste em parar de praticar a atividade que causou a lesão, ou seja, ter limitações de atividades no trabalho. Podem-se usar curativos como talas para imobilizar e evitar maiores lesões nos membros.

Para diminuir a dor e o inchaço, use bolsas de gelo para reduzir a inflamação. Um pacote de alimento congelado também serve. Outra opção é usar o calor para aliviar a dor em um músculo. Molhe uma gaze na água quente e depois aplique no local.

Existem exercícios como o alongamento que diminuem a tensão, mas atenção não faça movimentos bruscos e procure um fisioterapeuta.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

Para melhorar o inchaço faça uso de anti-inflamatórios receitados pelo médico. E como última alternativa, há as cirurgias.

Como prevenir? 

  • Independente de qual é o seu trabalho preze sempre o conforto.
  • Faça alongamento.
  • Procure manter uma boa postura estando em pé ou sentado.
  • Faça pequenas pausas de 2 em 2 horas.
  • Durante as pausas: se alongue, levante ou sente.

Veja esta vídeo e siga estes movimentos que são excelentes (4:06):

Lembre-se que: seja qual for o seu trabalho a saúde vem em primeiro lugar nesse caso.

Fonte:

https://redefiningstrength.com/desk-exercises-10-moves-to-do-at-your-desk/

https://www.ccohs.ca/oshanswers/diseases/rmirsi.html

Leave A Reply

Your email address will not be published.