Take a fresh look at your lifestyle.

Rinoplastia – Saiba tudo antes de fazer

0

É fato que as cirurgias, principalmente as plásticas, despertam interesse e geram discussões há muito tempo, afinal, alterar algo no corpo, sejam por razões estéticas ou não, pode carregar um grande conjunto de vantagens e desvantagens. Uma dessas cirurgias, chama-se rinoplastia e assim como todas as outras, é importante informar-se ao máximo antes da realização. Veja a seguir mais informações:

O Que Você Irá Encontrar Aqui

O que é a Rinoplastia?

dicavida-rinoplastia-1-min

 

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

A Rinoplastia, cirurgia do nariz ou remodelagem nasal, é um tipo de cirurgia que pode ser feita com fins estéticos ou por questões de saúde, como por exemplo no caso de traumas, problemas respiratórios ou problemas estruturais nessa região, como desvios.

Em muitos casos, os pacientes buscam esse método como um meio de remodelar o nariz e deixá-lo de um jeito mais satisfatório, mais harmonioso com o rosto. O nariz pode ser alterado de diversas formas, dando projeção à ponta, afinando, aumentando algo ou diminuindo. É importante ressaltar que esse procedimento só deve ser realizado após o desenvolvimento completo do nariz.

Como o procedimento é feito?

dicavida-rinoplastia-3-min

 

Tudo depende da complexidade do caso e do que o paciente deseja, pois dependendo do quadro clínico, problemas funcionais e estéticos podem ser corrigidos ao mesmo tempo, logo, o tempo da operação varia. A anestesia local é a mais comum, mas em casos mais complexos a anestesia geral pode ser mais recomendada.

É importante fazer todos os exames pré-operatórios e conversar claramente com os médicos para que o procedimento tenha o resultado mais satisfatório possível, seja com fins estéticos ou não.

Tudo depende do tipo de necessidade do paciente e do método adotado, mas normalmente as cirurgias envolvem o corte, no qual o cirurgião faz incisões com um bisturi, a moldagem, onde, se necessário parte da cartilagem ou do osso é alterada, sendo removida ou lixada e a remontagem, onde a estrutura, com a pele e a carne são recolocadas no lugar. No entanto, existem dois tipos de procedimentos para realizar a rinoplastia e o cirurgião apontará qual critério é mais adequado para cada tipo de caso:

  • Rinoplastia aberta: também conhecida como exorrinoplastia, uma técnica feita com uma pequena incisão na base do nariz e na parte interna de cada narina.
  • Rinoplastia fechada: essa técnica, também chamada de endonasal, as incisões são feitas apenas dentro das narinas. Apesar de ser considerado por algumas pessoas um método mais ágil, nesse procedimento a capacidade de visualização do cirurgião não é grande, o que pode ser um problema, por isso existe a necessidade de procurar um bom profissional, em ambos os casos.

Quais são os riscos da cirurgia?

É difícil encontrarmos um tipo de cirurgia que não tenha nem 1% de risco, não é? Afinal, é normalmente um procedimento invasivo. No caso da rinoplastia, os riscos são baixos e envolvem sangramento, infecção, edemas e complicações pós-anestésicas.

Notícia Diárias Para Quem Não Tem Tempo

É essencial o conhecimento das funcionalidades e da estrutura nasal. Porque em uma cirurgia mal feita, o resultado negativo pode ir além de só questões estéticas, prejudicando também as funções nasais e a saúde do paciente.

Como funciona o pós-operatório?

dicavida-rinoplastia-2-min

 

Apesar de não ser muito doloroso, no pós-operatório pode ocorrer inchaços no nariz que diminuem pouco a pouco.  Na maioria dos casos, os médicos recomendam o uso de uma tala no nariz por alguns dias ou também um tampão nasal, pois podem ocorrer sangramentos.

Pode ser necessário o uso de analgésicos ou curativos de acordo com o seu caso, o médico apontará qual é a forma de recuperação indicada. Lembrando que ela pode ser lenta e os resultados, em média, podem ser vistos claramente só depois de dois meses.

Leave A Reply

Your email address will not be published.